INEA FECHA SERRARIAS CLANDESTINAS EM MIRACEMA

 

Uma operação conjunta, Inea, escritórios de Pádua e Campos dos Goytacazes, e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Miracema, fechou sete serrarias de pedras que atuavam de modo clandestino, no município de Miracema.

A ação aconteceu na manhã de terça feira, dia 27 de junho, em seis serrarias localizadas no Polo Industrial e outra, na Rodovia RJ 116.

Segundo informações de técnicos do Inea, as serrarias foram fechadas por tempo indeterminado, até que se regularizem junto a Secretaria Municipal de Meio Ambiente daquele município.

Em Santo Antônio de Pádua, através do TAC, Termo de Ajustamento de Conduta, muitas empresas já saíram da clandestinidade e estão regulares. No entanto, ainda em Pádua e em outras cidades da região, algumas empresas persistem na clandestinidade, o que torna a concorrência totalmente desigual.

O Inea confirmou que vai apertar o cerco aos irregulares. Na avaliação de empresários da pedra e lideranças do setor, esse trabalho, apesar de tardio, é importante para organizar o setor.